sexta-feira, 15 de julho de 2011

Violência doméstica e a toponímia




A primeira cena de “violência doméstica” em Portugal deu origem ao nome de uma cidade portuguesa…





 Estávamos em 1147 e tinha D. Afonso Henriques acabado de conquistar Lisboa aos mouros. Teve o grande apoio de Martim Moniz, recorde-se, que se atravessou na porta do Castelo de S. Jorge e impediu, com o seu corpo, os mouros de a fechar.
       Esse gesto provocou-lhe a morte e permitiu a sua conquista.
       Pacificada a cidade, mortos ou expulsos os mouros, D. Afonso Henriques decidiu descansar uns dias pela região e passar uma “lua de mel” com a sua esposa D. Mafalda, filha do conde Amadeu II de Sabóia.  Tinham casado um ano antes (em 1146).


Os mouros tinham fugido e os portugueses ainda não tinham chegado para povoar a região. Passeavam então o rei e a rainha, tranquilamente, pelas belas praias completamente desertas.
 Subitamente  uma onda, um pouco maior, molha os pés da rainha e esta, instintivamente, levanta um pouco o vestido para não o molhar.

Esse gesto fez com que os seus reais tornozelos ficassem a descoberto. O rei ao assistir a tão ousada cena, levantou a sua pesada mão e desferiu-lhe uma grande lambada!
 “Toma lá que já almoçaste” pensou ele…

A rainha indignada por tanta incompreensão do seu esposo e rei, ela afinal apenas tinha tentado impedir que o seu real vestido se molhasse, perguntou-lhe :

Senhor meu rei e esposo, porque me CASCAIS  ?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...