sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Letra de Médico dá Nisto

A Celina tinha um marido chamado João.
A dada altura, a Celina adoeceu, o João levou-a ao médico e depois tirou uns dias de licença para ficar em casa a tratar dela.
A partir daí, o João ficou com um comportamento estranho: ele era sexo logo pela manhã, sexo ao meio-dia, sexo ao lanche e mais uma vez à noite. O homem parecia um coelho!
Já farta daquilo, às tantas a Celina disse ao João:
- Ó João, não é que eu não goste, mas estou doente, não devias fazer amor comigo tantas vezes, num só dia!
E ele respondeu:
-Celina, só estou a fazer o que o médico mandou...  Diz aqui na receita médica:
"Pina a celina" (penicilina) 4 vezes por dia" ...

5 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
    Minha querida amiga, letra de médico é sempre um grande problema, "e" e "i" é tudo igual... mas está correto o João, se tá na receita tem que seguir... kkkkkkkkkkkkkk... alguns remédios precisam ser ministrado várias vezes ao dia, pobre Celina! ahahahahaha...
    Valeu minha querida amiga, esta foi ótima, ri até... rsrsrsrsrs...
    Beijinhos com carinho!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. kkkkkkkk
      Isto foi antes de os médicos terem o sistema de saúde informatizado. Passavam as receitas à mão e pronto: o João leu como lhe agradava mais e leu muito bem! Ahahahahahahahaha! A Celina é que teve de aguentar o treco kkkkkkkk Graças a Deus o médico "SÓ" receitou 4 vezes ao dia... kkkkkk
      Bjinhos no coração

      Eliminar
    2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
      Pois é, minha querida amiga, com a informatização tudo vai melhorar, pois ler aquelas receitas não é nada fácil... ahahahahahaha... o João seguiu a risca o seu entendimento... ahahahahahaha...
      Ahahahahaha... isso tá pior que penicilina... rsrsrsrsrsrs...
      Valeu minha querida amiga!!!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar
    3. kkkkk Eu ainda lembro dessas receitas escritas à mão, coisa horrorosa, não sei como os farmacêuticos entendiam. Mas agora está tudo informatizado e funciona que é uma maravilha. Os médicos receitam, escrevem tudo e as farmácias também. Quando a gente volta ao médico ele sabe se o que receitou foi ou não comprado. O mesmo com a ficha do doente:eles vão ao computador e sabem tudo sobre o doente, de todas as especialidades que ele consultou, todos os exames, cirurgias, etc etc. Se a gente leva a receita à farmácia e já passa nem que seja um dia do limite de validade o computador rejeita logo. Agora o ministro da saúde pôs outra modalidade de receitas para aquelas pessoas que gastam sempre certos remédios para não terem de ir ao medico quando ele acaba. A receita tem vários espaços repetidos com datas até 6 meses ou mais. Cada vez que o doente compra o medicamento vai anulando. Uma maravilha que facilita muito a vida dessas pessoas. E a 2ª página da receita tem a explicação de como tomar.O nosso sistema de saúde está muito bom. O anterior governo ainda tentou acabar com ele, privatizar, mas felizmente estes repuseram e reforçaram tudo.
      Todos desacreditavam deste governo, puseram-lhe o nome de geringonça, mas eles têm mostrado o que valem. Se agora houvesse eleições o PS sózinho tinha quase a maioria absoluta.
      Bjinhos no coração

      Eliminar
    4. Minha querida amiga, aqui ainda não está com todo este controle, ainda temos os dois tipos de receitas, a escrita a mão e a do computador. Os remédios controlados são os antibióticos, os antidepressivos, grande parte dos calmantes... enfim, os de tarja preta. Muito bom este controle que vocês tem, aqui ainda se compra muito remédio sem prescrição e muitas das vezes sem necessidade.
      Que bom que o novo governo está se mostrando competente e eficaz, isso é ótimo!!!
      Valeu minha querida amiga!!!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...