domingo, 23 de julho de 2017

Assim se Fala no Porto


5 comentários:

  1. Ahahahahahahahahahaha...
    Muito interessante, minha querida amiga! Cada lugar cria suas gírias especiais para determinados termos, formam um novo dicionário popular que só conhecendo para entender, este é bem criativo... rsrsrsrsrs...
    Valeu minha querida amiga!!!
    Beijinhos com carinho!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkk
      Isto é só uma amostra, eles têm muitas mais. Mas tem algumas que não são só do Porto: aloquete, chuço, cruzeta,fino, cimbalino, dar de frosques, chamar o gregório... e várias outras, são de todo o país.
      O que é mais especial no Porto é a pronúncia deles. Tudo que é v eles dizem b :bou beber binho,bai no barco à bela kkkkkk
      Mas é uma cidade de trabalho, gente muito activa e o Porto é o melhor destino turístico da Europa. Cidade lindíssima, os cruzeiros no rio Douro são um sonho.
      Bjinhos no coração

      Eliminar
    2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
      Minha querida amiga, tal e qual o nosso povo caipira de Minas Gerais, eles também criam novos termos, mudam a pronúncia e ainda emendam tudo... rsrsrsrsrs... e alguns deles passam a serem usados por todos, uai... kkkkkkkkkkkk... aqui o "chamar o gregório" é "chamar o juca"... o "dar de froques" é "dar o pinote... rsrsrsrsrs...
      Valeu minha querida amiga!!!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar
    3. kkkkkkkkkk
      Sim, mas o pessoal do Porto não são bem do tipo dos caipiras... que imagino são simples e um pouco ingénuos mas que levam sempre a melhor. Os alentejanos são mais parecidos com os caipiras. Os do Porto é gente da cidade como qualqur um de nós mas são muito bairristas, orgulhosos da sua cidade, do seu clube. Em tempos era uma cidade burguesa, com mito comércio, muito trabalho e chegaram a proibir a Nobreza de habitar dentro dos muros da cidade. Como eles dizem, o Porto é uma Nação kkkkk
      Também temos mais expressões para fugir: "Dar às de vila Diogo", "Bater com os calcanhares no rabo", "Deixar terra para feijões", neste caso é fugir com medo e kagar-se todo kkkkkk
      Para gabar-se sem ter méritos "É uma galinha farta de ervas", Mentir é Regar. Quando alguém está a contar mentiras as pessoas puxam as perneiras das calças para não as molharem kkkkk
      Enfim, há tanta coisa engraçada... mas isto acontece em odo o mundo.
      Bjinhos no coração

      Eliminar
    4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
      Minha querida amiga, se é assim, então eles se parecem mais com o povo do Rio Grande do Sul, que também usam termos como estes e são meio separados do resto do país, na grande maioria são descendentes de alemães e holandeses, os gaúchos. São machões orgulhosos e motivo de muitas piadas... kkkkkkkkkkkkkkkk...
      Também usamos o "Bater com os calcanhares no rabo", "levantar poeira"... kkkkkkkkkkkkkkk...
      Verdade, isso acontece em todo o mundo.
      Valeu querida amiga!!!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...