terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Esperando o Marido...

Para lhe fazer um carinho

19 comentários:

  1. Bom dia, minha querida amiga Gatinha!!!
    Ahahahahahahahaha...
    Minha querida amiga, que esposa bondosa, esperando o marido para fazer um carinho gostoso, já está esperando com o pau de massagem... ahahahahahaha... eis o tal do pau de macarrão, será um carinho com galos na cabeça... kkkkkkkkkkkkkkkk...
    Valeu minha querida amiga, adorei... rsrsrsrsrs...
    Tenha um dia maravilhoso, feliz e abençoado!!!
    Beijinhos com carinho e muita paz!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia querido amigo Luis
      kkkkkk Ela é carinhosa e preocupada com a saúde dele, vai logo fazendo a massagem rssss
      O pau de macarrão para nós é rolo da massa, mas não é a massa macarrão, é a massa de rissóis e outras do género.
      Ele não vai mais ter problemas de acordar a horas, com tantos galos a cantar na cabeça kkkk Donde virá esse nome "galo" para um hematoma? É curioso...
      Bjinhos no coração

      Eliminar
    2. Bom dia, minha querida amiga Gatinha!!!
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... sim, minha querida amiga, muito caridosa, a massagem com o pau de macarrão será um sucesso, vai relaxar muito... ahahahahahaha...
      Aqui o rolo de massa serve para todas as massas, incluindo o macarrão feito em casa, antigamente era o seu maior uso, daí o nome.
      Ahahahahaha... verdade, por um bom tempo não terá mais problemas para acordar, o galo vai despertá-lo... rsrsrsrsrsrs... se conseguir dormir depois da massagem, é claro... rsrsrsrs...
      Também não sei de onde vem o tal galo para os hematomas na cabeça, fui pesquisar, achei isso: "o uso da palavra galo para se referir ao inchaço que aparece na cabeça após pancada tenha origem popular e exista somente na Língua Portuguesa. Pode ter surgido porque alguém achou que o calombo lembrava a crista vermelha da ave"... meio fraco, mas foi o que achei... kkkkkkkkkkkk... alguns parecem a cabeça toda do galo... kkkkkkkkkkkkkkkk...
      Valeu minha querida amiga!!!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar
    3. Bom dia querido amigo Luis
      kkkkkk Uma coisa que me custa a entender é como há quem tenha paciência para fazer macarrão em casa kkkk De certeza que isso era no tempo da escravatura ahahahah.
      Sobre o galo, o melhor é a gente conformar-se com essa explicação, já que não temos outra... rsrssss
      Bjinhos no coração

      Eliminar
    4. Bom dia, minha querida amiga Gatinha!!!
      kkkkkkkkkkkkkkkk...
      Minha querida amiga, isso veio com os italianos, fazer a tal massa do macarrão, que chamavam de pasta, para preparar a macarronada com macarrão fresquinho, feito na hora... rsrsrsrsrs... ficava muito bom, minha avó fazia a tal pasta. Mas hoje podemos comprar a massa fresca em qualquer supermercado, fica a mesma coisa. Ela fazia também, uma massa e abria com o rolo, cortava em tiras, depois fritava e passava no açúcar, era uma delícia, ficava bem crocante, chamava-se "grustoli"... é assim que se dizia, não sei se é assim que se escreve.
      Sim, acho que é melhor a gente aceitar o que temos, pelo menos provisoriamente, pois não convence nem o galo... ahahahahahaha...
      Valeu minha querida amiga!!!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar
    5. Bom dia querido amigo Luis
      Eu sei que a pasta é dos italianos, ainda hoje a gente vai a Itália e parece que não há mais nada pra comer senão pastas e pizzas kkkk
      Essas tiras de massa frita e passada no açúcar e na canela também cá se faz, sobretudo no Natal, são filhós, também as há de outros feitios mas o sabor é todo igual e delicioso.
      Bjinhos no coração

      Eliminar
    6. Bom dia, minha querida amiga Gatinha!!!
      Verdade, minha querida amiga, eles adoram pastas e pizzas, massa é com eles... rsrsrsrsrs... meu avô tinha que comer macarrão todos os dias e pizzas nos finais de semana... rsrsrsrsrsrsrs... haja pau de macarrão... kkkkkkkkkkkkk...
      Bem lembrado minha querida amiga, me esqueci da canela, ela é passada no açúcar e na canela, uma delícia.
      Valeu minha querida amiga!!!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar
    7. Bom dia querido amigo Luis
      Taí uma coisa que eu adoro: FILHÓS! Mas só são boas no próprio dia em que se fazem. Filhós, sonhos, farturas e uma que chamamos rosas do egipto, que são fritas com uma forma em forma de flor e a massa fica tão fininha como hóstia. Desfazem-se na boca como espuma, uma delícia kkkkk
      Bjinhos no coração

      Eliminar
    8. Bom dia, minha querida amiga Gatinha!!!
      Também gosto, minha querida amiga. Sim, tem que ser consumido no próprio dia, melhor logo depois fritos... é como batata frita, tem que comer na hora... kkkkkkkk... esta osas do egipto não conheço.
      Valeu minha querida amiga!!!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar
    9. Melhor ainda é ialguém a fritar e eu ao lado a comer lllll
      A batata frita também se pode comer passados dias, se for daquelas crocantes que se vendem em saquinhos nos supermercados e são uma tentação.
      Luis, achei receitas de rosas do Egito e deixo aqui dois links. Parece-me que as nossas não levam tanta farinha mas o resto é igualzinho. E estas mesmo no dia seguinte ainda são boas.
      Bjinhos no coração
      http://pimentinhasnacozinha.blogspot.pt/2012/12/fritos-nesse-natal-rosas-do-egipto.html
      https://foodwithameaning.wordpress.com/2013/12/20/rosas-do-egito-na-mesa-do-natal/

      Eliminar
    10. Ahahahahahahahahahahaha...
      Sim, minha querida amiga, alguém fritando e a gente comendo é bem melhor... ahahahahaha...
      Sim, mais só as batatas fritas industrializadas, as fritas em casa é preciso comer na hora, caso contrário ficam todas molengas... rsrsrsrsrsrs... também gosto desta tentação crocante... rsrsrsrsrsrs...
      Fui ver as receitas... não conheço mesmo... parecem bem apetitosas e são lindas... para o Natal ainda está longe, só no final do ano, mas para o carnaval, tá na hora... rsrsrsrs... aqui é neste mês de fevereiro. Parece bem fácil de fazer, só complica um pouco a forma para fritar, nunca vi por aqui. Gosto de tudo que é feito com laranja, deve ficar muito bom.
      Valeu minha querida amiga, adorei as receitas, obrigado!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar
  2. Luis, deixo-lhe mais dois links, pois vejo que há muitas variantes de sabor, mas no essencial o processo de fabrico é igual. Num desses links diz que no Brasil lhes chamam coscorões.
    Em nossa casa elas não levam aguardente nem sumo de laranja, são como os sonhos, só farinha, água ou leite, ovo, e açúcar e canela. Não metemos no frigorífico mas deixa-se descansar a massa meia hora antes de fritar e ao fritar basta sacudir a forma que elas caem sem precisar tirar com garfo, mas tem de ser antes de ficarem loiras- Eu acho-as melhores sem deixar aloirar muito.E não, não fazemos só no Natal e no Carnaval nunca ouvi dizer kkkk; fazemos todo o ano , os sonhos também, por falar disso esta semana vou pedir para fazerem. Quando se quer adoçar um pouco o lanche, vão muito bem com chá, não são muito próprias para sobremesa, comem-se à mão. pegar e trincar. Em pouco tempo faz-se uma travessa delas e comem-se ainda mais rápido kkkkkk Podem guardar-se em caixas por vários dias.
    Com uma tigela de polme fazem-se imensas e fica muito barato. As formas vendem-se nas lojas de ferragens, só que devem ter outro nome aí, talvez moldes para filhozes. Estranho se não tiverem, o Brasil tem tudo quanto há nesse tipo de coisa. Nós temos vários feitios de rosas, temos borboleta, rosa quadrada e redonda. Não temos aquelas forminhas altas. E o cabinho é fixo, não desenrosca.
    Bjinhos no coração
    http://testadoprovadoeaprovado.blogspot.pt/2013/08/rosettes-receita-com-video.html
    http://pratacasas.blogspot.pt/2014/03/rosas-do-egipto.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida amiga, então já sei o que é, os coscorões são o mesmo que os "grustolis" de minha avó, só que não levam o formato de rosa, é cortado em tiras ou retângulos e frito. Muito os chamam de coscorões.
      Aqui, a grande maioria faz como vocês, tal qual o de minha avó, sem laranjas ou outras frutas. Também gosto muito dos sonhos, muitas vezes faço apenas o recheio para comer ainda quentinho, uma delícia... rsrsrsrsrsrs...
      Valeu minha querida amiga, vou ver os links e depois comento, obrigado por eles.
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar
    2. Aquilo deve ter tudo o mesmo sabor, mas sendo a massa em tiras cortadas fica muito mais grossa. A de forma é fina como hóstia porque é só a que cola no ferro quente, tem um milímetro ou coisa assim, é uma coisa finíssima e muito decorativa, mas as nossas nãon ficam com aquelas bolhas que se vê nalgumas fotos, ficam finas e lisas como hóstias.
      Os sonhos da nossa casa não levam recheio, nunca comi com recheio. É uma massa do tipo das filhós mas é mais difícil acertar com o ponto. Deitam-se colheradas no óleo a ferver e elas vão crescendo, ficando ocas por dentro e no fim são mesmo umas bolinhas. Tem de ficar oco. Depois leva calda de açúcar e canela ou açúcar polvilhado e canela. Gosto mais com calda.
      Bjinhos no coração

      Eliminar
    3. Sim, minha querida amiga, deve ser tudo o mesmo sabor, a mesma massa, só diferem no momento do preparo, aqui elas ficam com as bolhas. O que frita na forma fica mais fino, mais leve e muito decorativo, vi nas imagens.
      Aqui, os sonhos, são iguais aos daí, depois de fritos são cortados e levam um recheio de creme na parte oca.
      Lá vai os ingredientes do recheio:
      1 lata de leite condensado
      2 latas de leite (use a lata de leite condensado vazia como medida)
      2 gemas
      1 colher (chá) de essência de baunilha
      3 colheres (sopa) de amido de milho
      100g de farinha de trigo
      Preparo: Coloque tudo no liquidificador, bata o leite condensado com o leite, as gemas, a essência, o amido de milho e a farinha até obter um creme liso.
      Despeje em uma panela e leve ao fogo baixo, mexendo, até engrossar.
      Fica muito bom, um sonho!
      Valeu minha querida amiga!!!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar
    4. Ai que bom, muito obrigada pela receitinha. Esta vou fazer breve, mas não para rechear sonhos que desses eu gosto sem nada dentro.
      Mas embora a massa dos sonhos e das rosas do Egito sejam feitas com os mesmos ingredientes, o sabor fica diferente. As proporções e o método não tem nada a ver, é como comer batas fritas fininhas e crocantes e batatas cozidasregadas com azeite. Os ingredientes são os mesmos, o resultado não tem nada a ver.
      Bjinhos no coração

      Eliminar
    5. É muito fácil de fazer, minha querida amiga, acho que você vai gostar, fica muito bom. Também pode ser preparado para colocar em taças e colocar na geladeira, é só deixar o creme mais molinho, deixar um pouco menos no fogo.
      Aqui os sonhos são recheados com este creme, também fica muito bom. Mas é o que você diz, tudo que se acrescenta muda o sabor.
      Valeu minha querida amiga!!!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar
    6. Vou fazer e depois, se eu conseguir fazer também vou conseguir comer, seja duma maneira, seja doutra, ou as duas kkkkkkkk
      Bjinhos no coração

      Eliminar
    7. Ahahahahahahahahahahahahaha...
      Minha querida amiga, então que seja das duas, muito melhor... kkkkkkkkkkkk...
      Valeu minha querida amiga!!!
      Beijinhos no coração!!!

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...